direito e tecnologia

 Direito e tecnologia: entenda a relação e os impactos

Erik Navarro Postado em 16/01/2020

A advocacia está associada a uma visão tradicional e repleta de formalidades, mas é dinâmica o bastante para adaptar-se às inovações contemporâneas. Direito e tecnologia se relacionam com cada vez maior frequência e essa união tem tudo para ser duradoura, visto que a tendência é aumento da participação da tecnologia em nossas vidas.

Também não existe a expectativa de exaurimento ou redução da atividade criativa e, com mais recursos, o esperado é que sempre tenhamos novas invenções. Acompanhar essas mudanças é imprescindível para o profissional do direito, seja por impactar diretamente em sua atividade, seja para que possa fazer proveito das oportunidades que continuarão a surgir.

Continue sua leitura e saiba como direito e tecnologia interagem na contemporaneidade e contribuem entre si. Confira!

Relação entre direito e tecnologia

A principal semelhança entre o direito e a tecnologia e que ajuda a explicar a relação entre ambos é a presença constante em nossas vidas. Hoje, somos cada vez mais dependentes de aparelhos eletrônicos para os mais diversos fins e as violações a direitos e outras eventuais demandas surgidas nessa relação serão pacificadas por meio do acesso à jurisdição, em regra.

A internet, por exemplo, já foi vista como um ambiente sem lei, em que era possível adotar qualquer tipo de postura sem maiores preocupações com as consequências. Essa impressão foi a primeira a ser combatida pelo direito, com leis que criam mecanismos para investigar e punir quem usa a rede mundial de computadores para fins que ferem direitos alheios, criminosos ou ilegais em sentido amplo.

Exposição indevida de imagens, assédio, pedofilia e golpes virtuais são exemplos de questões que levaram o direito a se preocupar com o ambiente virtual e a oferecer respostas que ajudam a garantir a segurança dos usuários. Isso para que a comodidade gerada não se transforme em infortúnios e para que seja possível estabelecer uma relação saudável entre todos que estão na rede.

A tecnologia na advocacia

Embora a advocacia seja marcada por uma visão tradicional sobre o seu exercício, ela também sente os impactos dos avanços tecnológicos. Hoje, a maioria dos tribunais do país conta com sistemas de processos eletrônicos, que facilitam ao profissional do direito a verificação do andamento, visualização de documentos e peças que o integrem, além de peticionamento, com facilidade, de qualquer lugar que tenha uma conexão à internet.

O espaço físico do escritório também sente a influência, com um menor volume de papel circulando pelo ambiente, o que é possível com a computação em nuvem. Com ela, documentos ficam guardados de forma privada na internet, com amplo espaço para armazenamento e baixa vulnerabilidade para exclusões acidentais e invasões, em razão da criptografia de dados.

Softwares jurídicos também são cada vez mais frequentes em escritórios de advocacia, pois permitem otimizar rotinas burocráticas, controlar prazos e processos e ajudar na gestão da firma.

Vantagens de aliar direito e tecnologia

O profissional do direito deve ter em mente que sua atividade está em plena transformação e isso pode ser bastante positivo para quem está em constante atualização e antenado com as novas tendências. O trabalho intelectual será cada vez mais privilegiado, enquanto as rotinas burocráticas tendem a ficar a cargo de mecanismos tecnológicos, por exemplo.

Se no mercado atual há um elevado número de profissionais disputando espaço, trabalhar com esse nicho pouco explorado e com cada vez mais demandas é também uma forma de se destacar em relação à concorrência. Assim como o direito está em constante construção, o mesmo vale para a tecnologia, pois muitas inovações surgirão ao longo dos próximos anos e essa é uma tendência irreversível.

Agora que você sabe quais são alguns dos impactos gerados na relação entre direito e tecnologia, veja quais são as mudanças tecnológicas que serão parte da advocacia do futuro!

Torne-se protagonista. Seja um New Lawyer
Fique por dentro de como o Direito está mudando no Brasil e no Mundo.
Receba nossa Newsletter.