govtech o que é

O que é GovTech e por que você deveria ficar de olho nesse assunto?

Erik Navarro Postado em 20/02/2020

Por meio de emenda à Constituição Federal, a eficiência passou a ser um dos princípios norteadores da Administração Pública, embora isso não tenha se verificado em toda a sua atuação. Nesse sentido, a tecnologia pode prestar uma relevante contribuição, e saber o que é GovTech é uma forma de se inteirar sobre o assunto.

Os avanços tecnológicos não contemplam apenas a iniciativa privada, mas também podem ajudar a relação entre Estado e contribuinte a ser menos burocrática, além de resolver problemas internos da Administração Pública. Isso significa que diversos serviços e expedientes podem ser otimizados por meio dessas inovações.

Quer saber melhor o que é GovTech e quais os seus impactos na advocacia? Continue a sua leitura.

O que é GovTech?

Diversos setores estão sendo revolucionados, nos últimos anos, por meio de empresas que nascem e aderem ao uso consistente da tecnologia em suas operações. É possível que você seja cliente de um banco no qual jamais tenha entrado em uma agência, seja para abrir a sua conta, seja para resolver problemas relacionados a ela.

As empresas de tecnologia da área bancária são as chamadas fintechs, que oferecem diversos serviços e produtos financeiros. Além de conta corrente e poupança, outros tipos de investimentos também atraem público para essas empresas, pois facilitam a aplicação em títulos do Tesouro Direto e, até mesmo, a compra de ações na Bolsa.

No setor público, geralmente, as iniciativas de inovação fica majoritariamente a cargo da iniciativa privada, que posteriormente disponibiliza os sistemas mediante remuneração. Ou seja, além de observar como essas inovações surgem e contribuem com a sociedade, também é possível vislumbrar oportunidades e investir na área em busca de novas oportunidades.

Quais os impactos?

Certamente, o maior foco das empresas que buscam oportunidades com a criação de soluções para o poder público é a redução da burocracia e o aumento da eficiência, como mencionado. Ela é fundamental em relação aos serviços oferecidos à população e para tornar o ambiente de negócios no país mais convidativo para investimentos.

A burocracia é mais que o tempo gasto para resolver questões, mas também um gargalo, onde muito dinheiro é injetado sem gerar retorno. Se, por um lado, algum nível de burocracia é desejável para a observância dos parâmetros de legalidade e para evitar arbitrariedades, quando exacerbada, torna as atuações de atores privados desgastante, e a de servidores enfadonhas e pouco transparentes.

O emprego de ferramentas digitais, a geração e análise sistemática de dados e a contribuição recíproca entre pessoas que transitam entre o setor público e a iniciativa privada serão responsáveis por, no curto e médio prazo, transformar completamente a relação entre Administração e administrados.

Como tirar o melhor proveito?

Continua a valer a regra básica de que todo profissional do Direito deve seguir: atualização constante. É bastante válido direcionar essa atualização para a relação entre o Direito e tecnologia, além de desenvolver habilidades que permitam atuar com autoridade em temas relacionados a desenvolvimento de sistemas e análise de dados, por exemplo.

As mudanças são inevitáveis e acompanhá-las pode representar a diferença entre ser um profissional obsoleto e alguém disputado pelo mercado de trabalho. Aproveitar que o momento ainda pode ser considerado incipiente também fará com que você esteja um passo a frente dos demais profissionais.

Agora que você já sabe o que é GovTech, aproveite e entre em contato conosco! Estamos à disposição para ajudar em seu ingresso na advocacia do futuro!

Torne-se protagonista. Seja um New Lawyer
Fique por dentro de como o Direito está mudando no Brasil e no Mundo.
Receba nossa Newsletter.