Sociedade 5.0: a 5ª Revolução Industrial está mesmo chegando?

Ouvir falar sobre a quarta revolução industrial, que une a tecnologia à produção, é relativamente comum, mas antes mesmo de ver suas maiores projeções se concretizarem, já estamos vivendo a iminência do surgimento da sociedade 5.0, que também tem sido chamada de quinta revolução industrial.

Embora possa soar como um adiantamento impróprio, na Ásia, notadamente no Japão, ela já é tratada como uma realidade não muito distantes. Isso se deve ao fato de que as transformações ocasionadas pela tecnologia estão sendo feitas de maneira muito rápida.

Poucos ainda ligam para o delivery de sua preferência, como era há alguns anos, e em vez disso, acessam algum aplicativo com uma variedade muito maior e preços cada vez mais competitivos.

Quer saber mais sobre a sociedade 5.0? Leia nosso texto e saiba exatamente do que se trata essa mudança de paradigma que está no horizonte. Confira!

Como a sociedade 5.0 funciona?

É uma proposta surgida no Japão, durante o 5º Plano Básico de Ciência e Tecnologia, que consignou o objetivo do país em fazer uso de tecnologias para fins distintos do desenvolvimento econômico em si. Isso que significar utilizar desse meio para promover maior bem estar para a população, sem comprometer recursos ambientais e de forma a contemplar a solução de problemas locais.

Seria uma forma de usar os incrementos da indústria 4.0 a favor da população, uma forma de gerar justiça social acima de questões mercadológicas. Dessa forma a produção de riqueza seria democratizada, por meio da conexão entre povo e tecnologia. Na sociedade 5.0, haveria uma convergência entre todas as tecnologias com o escopo de racionalizar e melhorar a vida das pessoas.

Se hoje muitos se assustam e se sentem inseguros com os impactos das novas tecnologias, especialmente sobre o mercado de trabalho, esse novo paradigma serviria para tranquilizar e dar a noção de que ao invés de inimigos, as novas tecnologias estariam a favor da população.

Um outro problema que a sociedade 5.0 procura mitigar são as consequências do envelhecimento da população, fenômeno que é observado em todo o mundo em maior ou menor grau, e serviria como um excelente laboratório para que outros países adotassem medidas que por lá derem certo.

A limitação da energia elétrica também figura entre um dos problemas que a indústria 5.0 buscará resolver, e formas já existem, como a eólica e solar, mas há limitações geográficas que a impedem de serem implementadas. Isso é, em alguns lugares, há períodos sem sol ou vento suficiente para gerá-la.

Outra realidade do Japão são os desastres naturais, visto que está inserido em um território com encontros entre placas tectónicas, e sujeito a terremotos e maremotos. Embora o país sempre se saia bem desses eventos, mesmo que com prejuízos e vidas perdidas, também terá que implementar novas formas de lidar com esses infortúnios.

Quais as mudanças a sociedade 5.0 trará?

Nesse tópico não nos restringiremos à realidade japonesa, o que fora feito por questão de concepção, ou seja, por ter sido desenvolvida naquele país a noção de sociedade 5.0. A expectativa é que esse novo paradigma dê ao mundo respostas mais eficientes e acessíveis em relação a problemas de saúde, com tratamentos eficazes contra diversos males.

Também serão contempladas a mobilidade urbana, com novos meios de transporte, infraestrutura, indústria e startups, dentre outros setores. Serão geradas grandes mudanças, a partir da ideia de que a inclusão da população por meio da tecnologia, será uma forma de unir a modernidade à sociedade. Isso transformará a forma com que vivemos, negociamos e tratamos produtos e benefícios atrelados à tecnologia.

Quais os desafios que a sociedade 5.0 permitirá superar?

São diversos e, apesar de já alguns terem sido brevemente mencionados, é necessário detalhar.

Infraestrutura

Em nosso país, esse é certamente um dos maiores gargá-los para o desenvolvimento nacional. Há um mal planejamento na modalidade de transporte escolhida, que não integra todo o território da forma que deveria, ao menos não com a eficiência e escala desejáveis.

A tecnologia, aliada a outros investimentos, poderá permitir um salto de logística. Veículos aéreos não tripulados, por exemplo, serão empregados em entregas de produtos e medicamentos, dando acesso fácil a regiões remotas e desassistidas.

Sensores e robôs farão o emprego da inteligência artificial no monitoramento de estradas, rodovias, pontes, túneis e de outros meios de transporte para garantir segurança e a todos que o utilizem. Por exemplo, as estradas com problemas de capeamento poderão obter o reparo de forma muito mais rápida e menos onerosa do que o habitual, até mesmo porque tais problemas poderão ser detectados precocemente.

Isso ajudará a preservar vidas, visto que o trânsito responde por uma elevada taxa de óbitos todos os anos.

Medicina robotizada

Quem tem contato próximo com um profissional da área da saúde, sabe que a rotina desses profissionais é desgastante, com plantões que chegam às 24 horas, turnos em diversos hospitais e estão submetidos a forte pressão e estresse.

Com o emprego de robôs em alguns procedimentos, alguns desses problemas serão reduzidos, visto que as chances da máquina cometer erros são menores, além de não apresentarem sinais de cansaço ou esgotamento.

Trabalho pesado

Os robôs e máquinas de tecnologia avançada também reduzirão a pressão e estafa de profissionais de diversas outras áreas, a exemplo da construção civil. Dessa forma, os profissionais empregados nessas tarefas terão maior segurança em suas rotinas, e poderão cuidar de detalhes técnicos com maior rigor, enquanto o trabalho braçal será feito por máquinas.

No campo, como o uso da tecnologia é mais fácil de ser aplicada, essa já é uma realidade. A colheita de grande parte das culturas de nosso país já são feitas por máquinas, e os empregados tiveram que se adaptar para aprender a manuseá-las e assim preservar seus empregos.

Quais são as tecnologias associadas à Sociedade 5.0?

A inteligência artificial, internet das coisas, e robótica serão os alicerces da sociedade 5.0, junto a outras tecnologias que estão sendo desenvolvidas ou aperfeiçoadas. São elas que farão com que seus objetivos possam ser concretizados em um futuro não muito distante, de modo a solucionar problemas sociais não apenas por meio da lógica mercadológica.

Criar melhores condições de vida, que sejam benéficas tanto aos indivíduos quanto ao conjunto da sociedade, trará mais racionalidade e eficiência a outras atividades e dinâmicas que dela dependam. É a isso que se destina esse novo modelo de sociedade, que unirá os avanços alcançados com uma nova forma de aplicação.

Agora que você sabe o que é a sociedade 5.0, aproveite e deixe um comentário sobre as suas expectativas sobre o tema!